Barras de Tarefas

OUVIR MÚSICAS

Deus tem o melhor pra mim by Fernandinho on Grooveshark

sábado, 29 de outubro de 2011

Os primeiros mártires da igreja.



Martírio significa morte pela fé. Mártir é aquele que morre por seus ideais, ou por sua fé. Os primeiros mártires cristãos de que temos noticias estão dentro do próprio novo testamento. O livro de atos dos apóstolos, escrito pelo medico Lucas, relata a formação da igreja em Jerusalém e mostra como, no inicio houve a primeira perseguição aos primeiros missionários. O livro também nos relata como Paulo, um dos mais ferozes perseguidores, tornou-se o maior evangelista do novo testamento. O primeiro mártir se chamava Estevão. O livro de atos narra o seu testemunho e morte ele era um dos sete missionários que trabalhava para missão, fazendo grandes sinais e prodígios entre o povo (Atos: 6: 18). O testemunho de Estevão o levou á morte. Saulo vai a procura dos discípulos para prendê-los nessa época, muitos cristãos fugiam de Jerusalém e, por causa da perseguição, outros locais foram alcançados com a pregação do evangelho. O perseguidor Saulo, após um encontro pessoal com Jesus, ele se converteu no maior pregador de que se tem noticia no novo testamento At: 9. Paulo, que era o maior perseguidor, passa a ser perseguido. Muitos anos se passam e a igreja aumenta as suas fronteiras. O evangelho é pregado em toda parte do mundo então conhecido. Paulo forma as igrejas a partir de núcleos, em casas que podemos chamar de igrejas-lares ou igrejas-casas. Depois de Estevão, outros cristãos da igreja primitiva começam a sofrer o martírio dando testemunho de sua fé. Herodes Agripa, neto de Herodes, o grande fez matar Tiago, no ano 44. D. C. no ano 54. D. C. Nero assume o poder em Roma e procura aumentar a perseguição aos cristãos. É durante esse período que Paulo e Pedro estão em Roma, talvez presos, e ocorre um grande incêndio onde morre muitos cristãos. Alguns estudiosos acreditam tratar-se do local e data do martírio destes dois grandes apóstolos. Uma outra alternativa, porem, é a de que Paulo e Pedro sentiram na própria pele a perseguição e a morte no império em Roma, entre o ano 62 e 70. D. C. depois do ano 70. D. C. A perseguição Romana culmina com a destruição e a diáspora dos Judeus no ano 132 a 135.
Pedro. Era natural de Betsaida, irmão de André, filho de Jonas, e tinha a profissão de pescador. Ele foi crucificado de cabeça para baixo. (João: 21: 18, 19). Morto juntamente com Paulo em Roma durante o incêndio provocado pelo imperador Nero. André. Ele era irmão de Pedro e também pescador. Sofreu o martírio na Acaia, que era uma província Romana, na região da Grécia, próximo á Macedônia. Foi colocado numa cruz em forma de X, depois de ter atuado como pregador em toda aquela região, bem como em Scytia, Grécia e na Ásia menor. Tiago. Este apostolo era filho de Zebedeu e da mesma cidade dos apóstolos anteriores. Tinha a mesma profissão e foi morto pela espada sob a ordem de Herodes Agripa 1, no ano 44. D. C. (Atos 12: 2). João. Era irmão de Tiago, também pescador e natural de Betsaida teve como missão a cidade de Jerusalém pregando também em Éfeso e na Ásia menor. Morreu na ilha de Patimo, entre 90 a 95 D. C. Felipe. Nasceu em Betsaida (João: 1: 44 e 12: 22). Talvez tenha anunciado o evangelho na Ásia menor, Frigia, e Hierápolis. Bartolomeu. Nasceu em Cana da Galiléia, pregou na Armênia, foi crucificado de cabeça para baixo e esfolado. Tomé. Tinha sobrenome de Dídimo, nasceu na Galiléia, evangelizou na Partía, Pérsia e Índia, onde foi alvejado por uma flecha no momento em que orava. Foi torturado até a morte em Madras. No local, tem um monte com o nome de São Tomé, em sua homenagem. Judas Tadeu. Não é o Escariotes. Estée irmão de Tiago, o menor. Foi evangelizador em Edessa, na Síria, Arábia e na Mesopotâmia. Foi morto na Síria.        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...