quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Farisaísmo o principado da religiosidade



As religiões estão baseadas em costumes, rituais e ordenanças que devem ser cumpridas à risca, não importa as religiões, panteísmo, espiritismo, hinduísmo, Islamismo, budismo, catolicismo, monoteísmo, ateísmo, cristianismo ou qualquer outra, o que realmente importa é que cada uma possui sua liturgia, metodologia de trabalho e suas confissões de fé, claro que cada uma afirma que somente a sua é verdadeira!

O QUE É RELIGIÃO?

Deriva do termo latino "Re-Ligare", que significa "religação" com o divino. Essa definição engloba necessariamente qualquer forma de aspecto místico e religioso, abrangendo seitas, mitologias e quaisquer outras doutrinas ou formas de pensamento que tenham como característica fundamental um conteúdo Metafísico, ou seja, além do mundo físico.

A religião e o esforço do homem para alcançar e ligar-se a Deus, já o evangelho é o esforço de Deus para alcançar e ligar-se ao homem.

O farisaísmo era a principal religião dos judeus, seguiam a lei de Moisés e os costumes dos antepassados. A palavra fariseu significa “separado” achavam-se melhores que os outros, mais importantes e mais espirituais. No entanto Jesus disse que eles eram hipócritas, pois pregavam uma coisa e vivia outra. (Mt: 23; 2 ao 23). Só irá para o inferno aqueles que deixaram ser dominados pela apostasia e pela religiosidade. Jesus disse também que os fariseus estavam cegos, veja.

Mt: 23; 26 - Fariseu cego! Limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo.

Quem cega o homem é satanás. 2Co: 4; 4 - Nos quais o deus deste século (satanás) cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.

Estes religiosos estavam completamente enganados pelo diabo, estavam espiritualmente cegos, sem entendimento. Demônios que incitam a arrogância, a vaidade, a soberba e o desprezo haviam dominado suas mentes.

Principado é um território ou estado governado por um príncipe. Espiritualmente falando, existem pessoas que se tornaram assim como os fariseus principados do diabo, ou seja, pessoas dominadas por ele.

Infelizmente existem igrejas inteiras dominas por demônios, assim como acontecia com os fariseus. Líderes cego, sem perspectivas, sem visão.

VAMOS DESMASCARAR O INIMIGO!

O que vamos fazer agora é analisar o comportamento dos fariseus condenados por Jesus em Mateus: 23, e desmascarar o diabo hoje em nossas igrejas.

· (V.3). Ensinam coisas que eles mesmos não fazem.
· (V.4). Exigem grandes sacrifícios dos outros, sendo que eles mesmos não praticam.
· (V.5). Buscam popularidade, importância das pessoas. E baseiam sua santidade nas roupas que usam.
· (V.6). Amam horárias, lugares de destaque.
· (V.7). Supervalorizam seus títulos e cargos.
· (V.13). Impedem as pessoas de conhecer a verdade, pois também não conhecem.
· (V.14). Se aproveitam financeiramente dos pobres e necessitados, alegando motivos espirituais. 
· (V.15). Lutam para gerar discípulos com os mesmos defeitos seus.
· (V.16, 21). Dão muito mais valor para o dinheiro da obra do que para a obra.
· (V.23, 24). Valorizam os rituais e mandamentos e desprezam o amor, a graça e a misericórdia.
· (V.27). Em resumo são movidos pela aparência.

Jesus Cristo é o único mediador entre Deus e os homens. Essa é a verdadeira religião. (João: 14: 6) Que Deus te abençoe, a paz do Senhor Jesus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário