sábado, 11 de fevereiro de 2017

Os Quatro Tipos de Amor na Bíblia

video

A bíblia é o livro do amor, porque Deus é amor (1 Jo 4.8)  e sua essência está impregnada na sua palavra. Assim, ela retrata esse maior sentimento que o ser humano pode sentir e expressar. No grego, esse sentimento é caracterizado por quatro palavras diferentes, a saber: EROS (atração física, sexual); STORGE (sentimento familiar); PHILLOS (amizade) e ÁGAPE (amor incondicional, perfeito, supremo).

“Eros”
Esse e o amor voltado para o sexo e a satisfação da carne. Salomão, no livro de cantares, externou o seu sentimento por sua amada esposa, elogiando suas belezas físicas (Ct 4.10; 7.6) Jacó também externou sua atração por Raquel (Gn 29.16-20).

“Storge”
Esse amor envolve cuidados, consideração e lealdade. Como exemplo, entre outros na bíblia, temos o de 2 Samuel 21.10,11, onde Rispa, uma concubina de Saul, montou guarda junto aos corpos de seus filhos e de outros parentes, para que não fossem violados pelas aves de rapina e animais do campo.

“Phillos”
Através desse amor, os envolvidos sempre compartilham algo entre si, sendo, entretanto, um sentimento mais relacionado com a alma do que com o corpo.  Em português, usamos para esse tipo de amor a palavra “amizade”.
Vemos em I Samuel 18:1 Dizendo. Ora, acabando Davi de falar com Saul, a alma de Jônatas ligou-se a alma de Davi, e Jônatas o amou como a sua própria alma.

Este capítulo todo tem sido interpretado erroneamente por parte de alguns para tentar justificar praticas abomináveis, muitos interpretaram o amor entre Davi e Jônatas como um tipo de homossexualismo, porem se lermos toda a história narrada no livro de 1 Samuel vemos que o sentimento que é demonstrado entre eles é de uma amizade verdadeira.

Ágape
Esse e o amor proveniente de Deus, e nada poderá se interpor e impedir a pratica desse amor incondicional (Rm 8.35). Tanto os discípulos como Jesus utilizaram a palavra “ágape” ao se referirem ao amor de Deus (Jo 15.13; Rm 5.8; 1 Jo 4.8-10,19). Esse amor e derramado por Deus em nossos corações pelo Espírito Santo com a conversão (Rm 5.5), e o cristão deve manifesta-lo como fruto do espírito (Gl 5.22).

Diferenças entre Eros, Storge, Phillos, e Ágape.
A diferença entre o phillos e o ágape pode ser verificada ao se analisar a aplicação dos verbos utilizados na língua original do novo testamento, como, por exemplo, no ultimo dialogo entre Jesus e Pedro , relatado em João 21.15-17. Jesus por três vezes perguntou a Pedro Amas-me!

Para ilustrar, na pratica, o uso do amor incondicional, Jesus contou a história do bom samaritano (Lucas 10.30-35). Caído, sem os seus bens e machucado, aquele homem não tinha nada a oferecer, nenhuma amizade existia entre eles (PHILLOS), mas o bom samaritano reconheceu nele o seu semelhante, e decidiu ajuda-lo incondicionalmente (AMOR ÁGAPE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário