segunda-feira, 29 de maio de 2017

Produzindo o Fruto do Espírito


Ser batizado no Espírito Santo é estar em comunhão com Deus e andar segundo a sua vontade, o Espírito Santo habilitando em nosso corpo nos leva a um maior nível de santidade. Desta maneira é impossível ser batizado no Espírito Santo e levar uma vida de pecado e relaxamento espiritual, a bíblia nos ensina que os frutos classificam a árvore, vejamos:
Mateus: 7: 15 ao 20. Acautelai-vos quanto aos falsos profetas. Eles se aproximam de vós disfarçados de ovelhas, mas no seu íntimo são como lobos devoradores. Pelos seus frutos os conhecereis. É possível alguém colher uvas de um espinheiro ou figos das ervas daninhas? Assim sendo, toda árvore boa produz bons frutos, mas a árvore ruim dá frutos ruins. A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim produzir bons frutos. Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e atirada ao fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.

Esta é a verdade bíblica, o Espírito que habita no crente leva-o a santidade pois este Espírito é o Espírito Santo, Ele luta contra a nossa carne:
Gálatas: 5: 16 ao 18. Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.

Por tanto precisamos viver uma vida digna do Senhor Jesus, produzindo frutos espirituais para glória de Deus. O apóstolo Paulo nos ensina claramente os tipos de frutos que devemos produzir quando estamos cheios de Deus. Vejamos:
Gálatas: 5: 22. Mas o fruto do Espírito é: caridade, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.

Caridade (Gr. Ágape) Amor, interesse e a busca do bem maior de outra pessoa sem nada querer em troca (Romanos: 5: 5 / 1Coríntios: 13 / Efésios: 5: 2 / Colossenses: 3: 14).

Gozo (Gr. Chara) Alegria baseada no amor, na graça, nas bênçãos, nas promessa e na presença de Deus a todos aqueles que recebem Jesus como Senhor de suas vidas (Salmos: 119: 16 / 2Coríntios: 6: 10 / 1Pedro: 1: 8 / Filipenses: 1: 4)

Paz (Gr. Eirene) Quietude de coração e mente, baseada na convicção de que tudo vai bem entre o crente e seu Pai celestial (Romanos: 15: 33 / Filipenses: 4: 7 / 1Tessalonicenses: 5: 23 / Hebreus: 13: 20)

Longanimidade (Gr. Makrothumia) Paciência e perseverança, ser tardio para irar-se ou para o desespero (Efésios: 4: 2 / 2Timóteo: 3: 10 / Hebreus: 12: 1)

Benignidade (Gr. Chrestotes) Amabilidade, ou seja, desejo de não querer magoar ninguém, nem lhe provocar dor ou tristeza (Efésios: 4: 32 / Colossenses: 3: 12 / 1Pedro: 2: 3)

Bondade (Gr. Agathosune) Zelo pela verdade e pela retidão, repulsa pelo mal; pode ser expressa em ato de bondade (Lucas: 7: 37 ao 50) ou na repreensão e na correção do mal (Mateus: 21: 12 e 13)

(Gr. Pistis) Lealdade, Fidelidade constante e inabalável a alguém com quem estamos unidos por promessa, compromisso, fidedignidade e honestidade (Mateus: 23: 23 / Romanos: 3: 3 / 1Timóteo: 6: 12 / 2Timóteo: 2: 2 / Tito: 2: 10)

Mansidão (Gr. Prautes) Moderação associada a força e a coragem, descreve alguém que pode irar-se com equilíbrio quando for necessário, e também humildemente submeter-se quando for preciso (2Timóteo: 2: 25 / 1Pedro: 3: 15; vejamos comparações entre os dois comportamentos de: Jesus em Mateus: 11: 29 com 23 / Paulo 2Coríntios: 10: 1 com 10: 4 ao 6 / Gálatas: 1: 9 / Moisés em Números: 12: 3 com Exôdo: 32: 19 e 20)

Temperança (Gr. Egkrateia) Domínio próprio, controle sobre os nossos próprios desejos e paixões, inclusive a fidelidade aos votos conjugais e a pureza (1Coríntios: 7: 9 / Tito: 1: 8 e 2: 5)

Estes são os frutos do Espírito Santo na vida daqueles que são realmente cheios do Espírito Santo. Paulo declara que não existe lei que nos empeça de viver desta maneira.


Produza frutos para glória de Deus. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário